Últimas

Silk Way Rally, Etapa 6: Oriol Mena vence etapa “hecatombe”, só Sam Sunderland escapa entre os da frente

By on 12 Julho, 2019

Parecia ser uma etapa como as outras, com pistas muito rápidas, com súbitas mudanças de direção, obrigando os pilotos a estarem muito concentrados no road-book e navegação, mas não se esperava o que realmente aconteceu.

tudo indica que existiam graves erros no road-book, que geraram uma generalizada situação de descontrolo entre os pilotos da frente. ninguém encontrava o caminho certo, e surgiam pilotos de todas as direções, procurando encontrar a solução, mas insistindo no erro….Algo poucas vezes visto numa prova do campeonato do mundo.

Foi uma espécie de lotaria em que ganhou o mais sortudo, ou seja aquele que teve a “sorte” de enveredar pela pista certa, a que levava à linha de meta da etapa.

E este sortudo foi o espanhol Oriol Mena, piloto oficial da Hero Motorsport, colega de equipa do mais azarado Paulo Gonçalves que sofreu um problema mecânico e aparentemente não terminou a etapa. Na sua página do Facebook Paulo Gonçalves diz que chegou ao bivouac num helicóptero do exercito Chinês ou seria russo? Paulo Gonçalves refere no entanto que amanhã estará em provo, pelo que teremos que aguardar por informações mais detalhadas.

Oriol Mena que partira para a 6ª etapa posicionado na 5ª posição da geral, imediatamente atrás de Paulo Gonçalves que era 4ª, subiu agora ao segundo lugar da geral, a 21m de Sam Sunderland que é cada vez mais líder, após o seu “razoável”4º lugar de hoje, em que só perdeu 4m52s para Mena.

No 2º lugar da etapa, ficou o polaco da KTM Adam Tomiczek, que à partida da etapa não estava sequer entre os 13 primeiros classificados mas agora subiu a nono da geral a 1h05m do líder.

Os restantes favoritos tiveram uma etapa para esquecer, à excepção de Joan Barreda (Honda) que ontem caíra e baixara muitas posições na geral (13º a mais de 2 horas do líder), mas que hoje realizou uma prova muito rápida, e sofreu pouco na confusão, pois chegou à zona fulcral numa altura em que os problemas estavam já resolvidos…e provavelmente seguiu um trilho acertado…Joan Barreda foi o 3º classificado na etapa mas o seu atraso é de tal forma extenso que hoje apenas subiu de 13º para 11º, mas continua a 2h54m da liderança, pelo que nunca poderá subir muito mais, nas 3 etapas que faltam.

Luciano Benavides esta em 2º no início da etapa mas terminou hoje em 11º cedendo mais 10min a Sam Sunderland, desceu à 3ª posição da geral.

Também seu irmão Kevin (Honda) que partira de 3º, fez uma péssima operação hoje, tendo terminado na 13ª posição e baixando para 7º da geral com mais 32m42s, imagine-se…

Amanhã não haverá especial cronometrada, mas não será dia de descanso pois a caravana terá que deslocar pela estrada, numa tirada de mais de 550km, saindo agora da Mongólia e entrando na China pela primeira vez.

Classificação da Etapa 6:

Classificação Geral após Etapa 6:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!