TT: Mário Patrão oferece refeição a equipas médicas do Grupo Lusíadas

By on 5 Abril, 2020

Mário Patrão teve um grande gesto de solidariedade nesta altura em que, como sabemos, os profissionais de saúde estão sob grande pressão para tratar todos aqueles que se vêem afetados pela pandemia do novo coronavírus.

A notícia foi dada nas redes sociais por um amigo do piloto de Seia, Nuno España, num post que transcrevemos na íntegra por acharmos que transmite da forma mais pura a nobreza deste ato de Mário Patrão.

“Quem me conhece, sabe o quanto eu gosto do Mário Patrão. É das melhores pessoas que já conheci. Um verdadeiro Homem de H grande!”

“Ontem ligou-me à tarde e disse que queria ajudar de alguma forma. Não conseguia continuar a ficar impávido perante toda esta situação e queria fazer algo pelos nossos profissionais que estão na linha da frente. Confesso que não me saiu simples uma solução mas disse-lhe: “Se souberes cozinhar, faz algo. As pessoas vão de certeza gostar muito!”. Com a calma que o caracteriza, respondeu-me: ‘Não cozinho mas posso pedir ajuda à Joana. Vou tentar!’. Desligámos e nunca mais pensei no assunto. Ao sair tarde do hospital, recebo uma mensagem a dizer: “Já terminámos! Amanhã vou ai entregar”.”

“Hoje de manhã, ligou-me de novo e avisou que às 18h estariam em Lisboa com a comida, vindos de Seia. Agradeci-lhe muito mas disse que poderia entregar nas nossas unidades no Norte, que o significado seria o mesmo. Rapidamente me disse que fazia questão de cuidar daqueles que há dois anos cuidaram tão bem dele, depois do acidente no Dakar no Peru.”

“Às 18h, lá nos encontramos no Hospital Lusiadas Lisboa, onde fomos distribuir e servir a muita comida que trouxe pela urgência de adultos, urgência pediátrica, internamento e cuidados intensivos. Depois fomos para a Clinica de Santo António, que entretanto já tem doentes internados do SNS. Trouxe bolas de carne, bolos, queijos, pão, vinho, sumo, fruta, compota, mel e mais um conjunto de coisas que não me recordo mas que foram o jantar de mais de 100 profissionais.”

“Terminámos agora. Neste momento, o Mário já está de novo a caminho de Seia. 800kms em meia dúzia de horas para, de alguma forma, mimar os que estão a dar tudo por todos.”

“Realmente, no meio de toda esta situação única que vivemos, aparecem pessoas como o Mário, que nos enchem o coração e que nos deixam completamente sem palavras…”

“Muito obrigado Mário pela tua grandeza! Tenho a certeza que o Mário acha que não fez nada de especial mas também não tenho dúvidas que se houvesse mais Mários no mundo, este mundo seria tão melhor!”

(Fotos: Facebook Nuno España)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!