Eli Tomac, AMA Supercross: “A consistência foi a chave”

By on 29 Janeiro, 2020

No passado fim-de-semana Eli Tomac conseguiu terminar no pódio mas o esforço não foi suficiente para conquistar a vitória. O piloto da Monster Energy Kawasaki terminou na segunda posição, atrás de Ken Roczen que dominou a noite em Glendale.

Tomac somou dois segundos lugares nas duas primeiras corridas da noite e fechou com um terceiro para assegurar o pódio. Com corridas curtas de apenas 12 minutos mais uma volta, o piloto sabia a importância de assegurar um arranque forte.

“Estas corridas da Triple Crown já são loucas por natureza, ainda para mais com duas bandeiras vermelhas. Havia muita coisa a acontecer ao mesmo tempo”, disse Tomac. “Tecnicamente tivemos cinco arranques esta noite, que não me ajudaram muito. Porém, consegui chegar à frente e continuar consistente até ao final de cada uma das corridas”, acrescentou o piloto da Monster Energy Kawasaki.

Manteve-se sempre na luta pelos primeiros lugares e parecia estar no caminho certo para vencer em Glendale. No entanto, acabou por ser Ken Roczen a levar a melhor. Apesar disso, o piloto mostrou-se satisfeito pela consistência que conseguiu manter durante toda a prova.

“A consistência foi realmente a chave esta noite e a equipa trabalhou para me ajudar a terminar no pódio. Ainda temos algum trabalho a fazer, mas no geral, tivemos uma noite de sucesso e estou contente por estarmos perto na classificação final”.

Foto: AMA Supercross

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!