Nova Kawasaki KX 250 2021 – Mais potente e fácil de pilotar

By on 9 Julho, 2020

A KAWASAKI ANUNCIOU A KX250 DE 2021, COM MAIS POTÊNCIA QUE O MODELO ATUAL, GEOMETRIA DE QUADRO APURADA E UMA SÉRIE DE ATUALIZAÇÕES PARA MELHORAR AINDA MAIS A PILOTAGEM.

Com uma linha de motocross que se estende por mais de 40 anos, os modelos com a sigla KX sempre se destacaram no mundo das corridas off-road. Projetada a partir do zero para continuar essa tradição, a versão mais recente da Kawasaki KX250, pode agora entregar ainda mais potência e a um limite de rotação mais alto, além do arranque elétrico e embraiagem hidráulica que facilitam a pilotagem.

As alterações na Kawasaki KX250 de 2021 incluem partes internas do motor revista, um quadro atualizado e um limite de rotação mais alto. A grande novidade para os pilotos é o aumento de 1kw (1,4 CV) no pico de potência sem sacrificar o impulso nas baixas e médias rotações do motor. Igualmente valioso é o aumento de 350 rpm no limite máximo de rotações, o que aumenta a já impressionante performance da KX250 a altos regimes.

Mas as novidades não se ficam por aqui. A KX 250 tem ainda como novidades para o ano de 2021 o sistema de arranque elétrico (pela primeira vez numa KX250), assim como a adoção de uma embraiagem hidráulica do mesmo tipo da empregue na KX450 desde o modelo de 2019. Esta melhora a sensação na manete e diminui a fadiga em corridas longas.

As portas de escape também foram redesenhadas, aumentando de diâmetro, e também mudando o seu ângulo para ajudar a suavizar o fluxo de gases e aumentar a potência. A câmara de combustão também foi revista e apresenta uma coroa de pistão mais liso, outro fator para aumentar o desempenho.

A perda mecânica no motor também foi reduzida, graças a bielas 3mm mais longas, ao desenho revisto da cambota e maior equilíbrio de pressão dentro do cárter.

O sistema de ‘launch control’ foi projetado com as mesmas especificações das KX de fábrica no campeonato AMA. Com a simples pressão de um botão, os pilotos podem ativar um mapa separado do motor projetado para garantir que a corrida comece em condições de baixa tração. (O modo de controle de lançamento retarda o tempo de ignição, permitindo que os pneus ganhem aderência e permitindo que os pilotos contem com mais tração nas partidas.

Para a entrega das novas KX250, a Kawasaki tem previsto que as primeiras unidades possam chegar aos concessionários no final de agosto de 2020 – embora as restrições do COVID-19 possam afetar essa previsão.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!