Dakar 2020, 7ªEtapa: Kevin Benavides vence etapa, Brabec reforça liderança

By on 12 Janeiro, 2020

Num dia triste, mesmo muito triste para toda a comitiva do Dakar e para todos os portugueses em especial, a 7ª etapa do Rali desenrolou-se de forma normal, pelo que aqui fica uma descrição dos acontecimentos.

A vitória parecia ter sido de Joan Barreda o piloto da Honda que partira de manhã da 2ª posição, algo que não é nada comum. Barreda partiu para a etapa “ajudado apenas pelos rodados de Ricky Brabec marcados na pista. Barreda foi recuperando tempo e alcançou Brabec em CP1, o que demonstra bem o seu andamento e daí para a frente esteve a abrir a pista.

Esta etapa não terá sido uma das mais difíceis em termos de navegação uma vez que os melhores classificados do dia, todos eles partiram das posições cimeiras, não perdendo tempo para os pilotos que partiram mais atrás.

Ricky Brabec que liderou a pista na primeira parte, conseguiu mais uma vez minimizar as perdas numa etapa que normalmente lhe seria muito desfavorável, e conseguiu terminar em 5º, ganhando tempo aos seus mais directos adversários da geral.

Assim Brabec dispõe agora de 24m48s sobre Pablo Quintanilla que hoje não foi melhor do que 7º, prejudicado pelas dores na sua mão esquerda, com uma tendinite que desde há alguns dias se vem manifestando.

Kevin Benavides acabou por ser o vencedor da etapa, a sua primeira desta edição do Dakar. Benavides que partira hoje de manhã da 26ª posição, liderava a classificação até encontrar Paulo Gonçalves acidentado. O piloto argentino ficou com o seu companheiro de equipa algum tempo, tendo posteriormente retomado a corrida e alcançado a vitoria na etapa, depois de deduzido o tempo em que ficou com Paulo Gonçalves. assinale-se que o site oficial do Dakar já havia declarado oficialmente a vitoria de Joan Barreda que agora foi trocado por Benavides, feitas as contas finais…

Toby Price o anterior 3º classificado da geral, encontrou Paulo Gonçalves acidentado e também ficou com ele, assim como Stefan Svitko, tendo perdido muito tempo. Naturalmente, como é costume no Dakar, Toby Price viu ser deduzido esse tempo perdido, o que lhe concedeu o 7º lugar da geral, mas perde uma posição na classificação geral figurando agora no 4º posto a 28m44s de Brabec

Joaquim Rodrigues, também piloto da Hero e cunhado de Paulo Gonçalves e Sebastian Buhler, também terão ficado junto com o Paulo, não terminando a etapa.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!