Ricky Brabec, Dakar 2020: “Estou a tentar conservar o corpo e a moto”

By on 16 Janeiro, 2020

A etapa 11 do Rally Dakar não sorriu ao piloto americano que perdeu 11 minutos em relação ao segundo classificado na geral, Pablo Quintanilla.

Brabec não quis arriscar no dia de hoje, tendo terminado na 10ª posição, a 11m48 do chileno da Rockstar Energy Husqvarna. Apesar de todo o cuidado lhe ter custado bastante tempo, o piloto garante que não pretende arriscar demasiado na última etapa.

“Hoje percorremos uma grande distância. Posso dizer que pilotei a 70% daquilo que sou capaz. Estou a tentar conservar o corpo e a mota. Estou feliz por termos chegado até aqui, vamos voltar para o bivouac e preparar-nos para amanhã, pois temos uma boa posição de partida. Não quero necessariamente esforçar-me e arriscar demasiado mas apenas garantir que chego ao final”, explicou Ricky Brabec.

O piloto mostrou ainda que está consciente de que tem apenas uma etapa pela frente até poder cantar vitória na Arábia Saudita e conquistar o sonho americano.

“Amanhã pode ser um grande dia para nós e estamos ansiosos para que isso aconteça. Neste momento o importante é manter um pensamento positivo”, revelou o piloto da Monster Energy Honda que terá de conduzir com alguma cautela, mas sem perder muito tempo, para poder celebrar amanhã a vitória do Rally Dakar 2020.

Foto: Rally Dakar

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!