Últimas

Luís Outeiro: “O objetivo é aprender e evoluir”

By on 25 Julho, 2019

Com apenas 15 anos de idade, Luís Outeiro estreou-se no Nacional de Supercross no fim de semana passado em Paço dos Negros. O jovem piloto da KTM deixou-nos as suas impressões sobre a prova mas também os seus objetivos para este campeonato.

Como te sentiste nesta tua primeira prova de Supercross?

“Estava um pouco nervoso, mas penso que é normal, nada de mais. Sinceramente nem estava a contar com lutas ou adversários, queria mesmo era estar concentrado e não cometer erros. Foi isso que o Ricardo sempre me disse e tentei fazer sempre tudo igual sem falhas e sem entrar em lutas. Na final de SX2 acabei por ter uma luta animada com os meus adversários mas só não estava a contar com a queda, que me deixou um pouco mal tratado.”

Fala-nos sobre essa queda na Final de SX2. O que aconteceu? Sofreste alguma lesão?
“Fiquei com muitas dores na zona abdominal e no ombro. Rodei a noite toda com muita dores cada vez que tentava acelerar. Na segunda feira, acabei por perceber que estava pior do ombro… Bastou uma ligeira falha de concentração. O Supercross é assim, já sabia que iria ser exigente. Agora quero continuar a evoluir e, de preferência, sem cair mais… (risos)”

Qual a tua opinião sobre o circuito?
“Estava confiante com o circuito, pois das cinco vezes que treinei em pistas de Supercross, duas foram na pista de Paço dos Negros. Senti-me bem com o traçado e penso que está adequado ao nosso nível.”

Neste teu primeiro ano de Supercross, quais são os teus objetivos?
“Não tenho qualquer objetivo para este campeonato, apenas quero evoluir e aprender. Não estava a contar sequer fazer Supercross este ano, e depois da mudança de equipa no final da corrida de Alqueidão, decidimos fazer um ‘teste’. Fomos treinar a Paço dos Negros e, com a equipa e a minha família, decidimos participar no SX. Surgiu então a oportunidade de fazer a primeira prova do campeonato de Espanha, que me ajudou a chegar a Paço dos Negros ainda melhor preparado. Foi pena a lesão que sofri. Não pude treinar esta semana e dificilmente estarei a 100% em Vila Boa de Quires. De todas as formas, o objetivo continua o mesmo: aprender e evoluir.”

(Foto: Luís Duarte/FMP)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!