Billy Bolt, SuperEnduro: “É uma sensação incrível ser duas vezes campeão do mundo”

By on 25 Março, 2020

Billy Bolt reclamou o título de campeão mundial ao conquistar o Campeonato do Mundo de SuperEnduro. O piloto britânico entregou assim o segundo título indoor consecutivo à Rockstar Energy Factory Racing.

“Neste momento, para mim ainda é estranho ser o Campeão do Mundo de SuperEnduro porque não consegui ter as celebrações do pódio de fim de época”, explicou Billy Bolt. “No entanto, regressar à Polónia em Dezembro com a placa com o número um na minha Husqvarna vai definitivamente consolidar o que foi alcançado este ano. Quando penso no que aconteceu durante os últimos 12 meses é difícil de acreditar. No ano passado estive bastante tempo no hospital a pensar se a minha perna voltaria a funcionar normalmente, enquanto via as corridas continuarem sem mim. Então, voltar de forma tão dominante é ótimo para mim e para toda a equipa. Temos de mostrar aquilo de que somos capazes”, avançou o piloto britânico.

Depois de ter terminado a sua temporada de estreia como vice-campeão em 2018, uma grave lesão na perna pouco depois de ter conquistado o título mundial obrigou-o a ficar de fora da época de 2019. Para 2020, Bolt estava determinado a finalmente mostrar do que era capaz e, após uma incrível recuperação, o piloto da Husqvarna garantiu sete vitórias em 12 corridas.

“Quando estava em testes e treinos com outros pilotos, tive logo sensações muito positivas e fiquei satisfeito com a minha velocidade desde a primeira ronda, com base na velocidade deles. Claro que, quando se entra na arena, as coisas mudam. Além disso, a Polónia foi apenas a minha sexta corrida de SuperEnduro. Estava um pouco nervoso com toda a situação, mas confiante na forma como me tinha preparado”, explicou o piloto britânico.

Bolt venceu o campeonato deste ano com um total de 227 pontos, à frente de Taddy Blazusiak que fechou a época com 209 pontos. A completar o pódio, na terceira posição, ficou Jonny Walker, com 192 pontos. Com um top 3 de luxo, o jovem piloto reconhece que está muito orgulhoso do trabalho realizado.

“É uma sensação incrível. Agora sou duas vezes Campeão do Mundo aos 22 anos de idade. Isto, para além de também ser relativamente novo neste desporto – só comecei a andar numa moto de enduro há quatro anos. Sinto-me orgulhoso do quão longe cheguei, mas ao mesmo tempo ainda sinto que estou apenas a começar e tenho muito mais para provar a mim mesmo”, avançou desde já o piloto, realçando ainda o papel importante que a equipa tem tido no seu percurso e nas suas conquistas.

“Ter uma equipa como a Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing do meu lado é muito importante. Eles estudam novas linhas à medida que vamos treinando e dão feedback após cada sessão para que possamos estar no nosso melhor na altura do arranque para a corrida”.

A mentalidade do piloto também parece ter mudado nos últimos anos o que, segundo o próprio, também deverá ter contribuído para a sua prestação nesta temporada. “Houve uma altura da minha carreira em que passei demasiado tempo a ver o que os outros estavam a fazer. Muitas das vezes em que sofri acidentes foi porque não estava empenhado a 100% no que estava a fazer. Agora já deixei isso para trás e ganhei mais confiança em mim. As prestações nas Superpoles foram provavelmente uma das maiores melhorias que fiz este ano”.

Tendo em conta a conjuntura atual complicada que o mundo atravessa devido ao surto do coronavírus, Billy Bolt diz compreender as medidas tomadas e que o mais importante, neste momento, não são as corridas. “A situação em que nos encontramos é frustrante, mas a saúde das pessoas é mais importante do que os resultados das corridas neste momento. Eu estou em boa forma e ansioso para correr quando houver ordem para isso. Sinto-me bem mesmo que a minha perna ainda não esteja a 100%. Se enfrentarmos uma pausa prolongada nas corridas, vou usar isso a meu favor para continuar a reabilitação e continuar a construir o meu caminho com base no que alcancei até agora”, explicou Bolt.

_

Foto: Instagram Billy Bolt

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!