EnduroGP: Quem serão os protagonistas da temporada de 2020?

By on 3 Março, 2020

O arranque do EnduroGP 2020 está cada vez mais próximo e está na altura de olhar para a composição das equipas e perceber quem serão os protagonistas das corridas que se avizinham.

Não é possível falar de EnduroGP sem mencionar Brad Freeman, que deixou a Boano Racing após uma colaboração que o levou ao topo da modalidade quando conquistou o título mundial. Agora, na equipa de fábrica Beta é certo que continuará a ter todas as ferramentas necessárias para dar o seu melhor, desta feita em Enduro3. Além de Brad, a equipa também assinou com o campeão de Enduro3, Steve Holcombe que, este ano, passará a competir em Enduro2.

A Boano Racing Team já não terá Brad Freeman entre os seus representantes, mas continuará a concentrar-se na sua missão de promover jovens talentos e fazê-los alcançar os melhores resultados possíveis. Além de Davide Soreca, que estará em E1, a equipa contará ainda com os italianos Matteo Pavoni e Lorenzo Macoritto em J1, o australiano Wil Ruprecht em J2. JáGuy Nursela, Kevin Cristino e Hermani Haljala irão competir em Youth125.

A nova formação Honda Racing RedMoto World Enduro Team para esta temporada será composta por Thomas Oldrati, Danny McCanney, que se irá desafiar em Enduro2, e Roni Kytönen, um promissor piloto finlandês que está de olho na classificação geral em Junior1. Já Alex Salvini irá, certamente, tentar a vitória em Enduro2 com a equipa Sembenini, depois de perder o título por alguns segundos na última temporada. Quanto à  equipa Lunigiana RedMoto terá Alex Snow em Enduro1 e Dan Mundell em Junior.

A TM Factory Racing Team vai continuar a trabalhar com a Campeão do Mundo de Juniores1, Andrea Verona, que irá competir em Enduro1 este ano, assim como Nathan Bererd. O campeão do Enduro2, Loïc Larrieu, també já está confirmado e tentará defender o seu título, apesar de ter competição à altura.

Menos sorte tem tido a Sherco Factory CH Racing, com Theo Espinasse a lesionar-se e a não poder participar na próxima época. A equipa confirmou, entretanto, a presença de Matteo Cavallo, que vai correr ao lado do belga, Antoine Magain, em Enduro1. Em Enduro3, será Enric Francisco que estará, em principio ao lado de Jack Edmondson, que ainda não decidiu se vai correr em Enduro3 ou Junior2. Já Hamish MacDonald está confirmado em Junior2, deixando o seu lugar para o jovem piloto Krystof Kouble.

A Atomic Moto Team vai poder contar com Antoine Basset, que irá competir ao lado de Thibault Passet em Enduro3, enquanto Max Vial irá passar de Junior2 para Enduro2. Já Kilian Irrigoyen substituirá Max na categoria Júnior.

A Jolly Enduro Team também vai estar muito bem representada em Enduro2 com Joe Wootton. Ruy Barbosa estará no J1, ao passo que Tomás Clemente, Harry Edmondson e Eloy DeGallardo marcarão presença em Youth125.

A Federação Espanhola, que irá estar em competição com sua equipa RFME, continua seu compromisso de colocar jovens pilotos a seguir os passos de Iván Cervantes nesta disciplina. Pau Tomas Font em J1, Bernat Cortes em J2, e Alejandro e Sergio Navarro em Youth125 irão, certamente, dar tudo para conseguirem bos resultados.

Por último, mas não menos importante, a Fantic que vai alinhar com três jovens pilotos em Youth125. O campeão europeu Jed Etchells, o finlandês Hugo Svärd e o italiano Giuliano Mancuso também estarão em competição pela D’Arpa Fantic Racing.

A primeira ronda da competição terá lugar em Marco de Canaveses, em Portugal, no dia 17 de abril.

Foto: EnduroGP

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!