FMP anuncia adiamento de provas agendadas para Maio

By on 8 Abril, 2020

Com o prolongamento do Estado de Emergência Nacional, a Federação de Motociclismo de Portugal emitiu hoje um comunicado com o ponto de situação dos eventos agendados para Maio.

Comunicado da FMP de 8 de Abril de 2020:

No seguimento do comunicado da Federação de Motociclismo de Portugal (FMP) de 23 de março de 2020, que suspendeu a atividade desportiva e de mototurismo até 30 de Abril de 2020, e da renovação do Estado de Emergência em Portugal até ao próximo dia 17 de Abril de 2020, informamos que continuaremos a avaliar em permanência a evolução da situação e que, o mais tardar quando for reavaliado o Estado de Emergência, a FMP decidirá a prorrogação da suspensão da atividade motociclística para além de 30 de Abril de 2020.

Entretanto, informamos os eventos desportivos e mototurísticos agendados para o mês de Maio de 2020 e que foram já adiados ou cancelados:

Eventos desportivos

  • 1 de maio – Prova do Campeonato Nacional de Motocross, Lustosa – adiada;
  • 1 a 3 de maio – Prova do Campeonato Nacional de Rally Raid, Faro – cancelada;
  • 2 e 3 de maio – Prova do Campeonato Nacional de Velocidade, Estoril I – adiada;
  • 3 de maio – Prova do Campeonato Regional de Motocross Pentacontrol, Nelas – adiada;
  • 3 de maio – Prova do Campeonato Nacional de Trial, Vila Boa de Quires – adiada;
  • 8 a 10 de maio – Prova do Campeonato Nacional de Todo Terreno, Reguengos – adiada;
  • 10 de maio – Prova do Campeonato Nacional de Motocross, Marinha das Ondas – adiada;
  • 10 de maio – Prova do Troféu Iniciação Velocidade 2020, em Évora – adiada;
  • 17 de maio – Prova do Campeonato Regional de Motocross Troféu Norte, Pico de Regalados – adiada;
  • 17 de maio – Prova do Campeonato Regional MX Ribatejo, Cortelha – cancelada;
  • 31 de maio – Prova do Campeonato Regional de Motocross Pentacontrol, São João da Pesqueira – adiada.

A FMP reafirma o seu compromisso de solidariedade social e apela a todos – motociclistas, pilotos, mecânicos, assistentes, oficiais e fiscais de prova, promotores, organizadores, dirigentes, colaboradores e respetivas famílias – para o cumprimento das orientações e medidas determinadas pelas Autoridades de Saúde por forma a melhor salvaguardarmos a saúde de todos e contribuirmos para o regresso mais rápido às nossas normais atividades, em particular às que mais gostamos como as provas desportivas ou simplesmente andar de moto.

(Foto: FMP)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!