João Lourenço: “Foi uma prova muito especial para mim”

By on 25 Novembro, 2019

João Lourenço competiu no “seu” Algarve nos ISDE. Com muito apoio do público, o piloto da Beta terminou na 15.ª posição na categoria E3.

De uma forma geral, como te correu esta edição dos ISDE?

“Foi uma prova muito especial. A competir  em casa com o apoio de dezenas de amigos e familiares, decerto que nunca mais esquecerei esta corrida. E conseguir terminar uns ISDE com a sensação de dever cumprido é fenomenal.”

A prova teve três percursos diferentes: a “Rota do Menir”, o “Desafio de Monchique” e a “Travessia do Barrocal”. Qual o percurso que mais te agradou e qual o que consideras ter sido o mais desafiante para ti?

“Os dois dias que atravessámos Marmelete e Monchique foram qualquer coisa de outro Mundo. Nunca tinha participado numa prova em que no mesmo dia andássemos ao frio, ao vento, com nevoeiro e muita chuva, e depois de 45 minutos de ligações estávamos noutro plano completamente diferente: sol, calor e muito, muito pó! Para quem participou, acredito que esta edição dos ISDE será inesquecível!”

Que balanço fazes do resultado alcançado a nível individual e coletivo?

“A nível individual, estou super satisfeito pois fui convocado apenas três semanas antes da prova e quase nem tempo tive para preparar a minha Beta. Representar a selecção nacional tem um peso especial, queremos sempre dar tudo o que temos e o que não temos… foi o que fiz do principio ao fim desta edição! Não podia arriscar quedas para não comprometer o resultado da equipa, mas andei muito perto do limite em todas as especiais, para tentar colocar a seleção no melhor resultado possível. O 9.º lugar por nações é um resultado bem realista e só posso estar muito satisfeito com o resultado final.
A nível coletivo foi brilhante. Todos conseguimos terminar esta edição dos ISDE, e penso que os nossos executivos devem estar orgulhosos disso!”

(Foto: Jacek Ulinski)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!