Quem foi o piloto que mais provas de Offroad venceu em 2019?

By on 31 Dezembro, 2019

Em jeito de conclusão do ano de 2019, fomos ver que piloto somou mais triunfos no conjunto dos campeonatos nacionais de MX, SX, Enduro, TT e Trial.

São os pilotos de Motocross que encabeçam a lista de vencedores no ano que agora termina. Tal situação já era de esperar uma vez que a generalidade participa também na modalidade de Supercross. Mas há por aí algumas surpresas…

Que venha a temporada de 2020!

Paulo Alberto (Foto: Luís Duarte/FMP)

Paulo Alberto: 14 vitórias

4 vitórias CNMX Elite
4 vitórias CNMX MX1
3 vitórias CNSX Elite
3 vitórias CNSX SX1

Paulo Alberto foi o piloto que mais provas venceu em 2019. Na verdade, o leiriense não perdeu uma única corrida em que participou em Portugal, fosse em MX ou em SX!

Leonardo Gaio (Foto: Luís Duarte/FMP)

Leonardo Gaio: 11 vitórias

6 vitórias CNMX Infantis A (invicto)
5 vitórias CNSX Infantis A (invicto)

Leonardo Gaio terminou invicto os campeonatos Infantis de Motocross e Supercross, arrecadando 11 vitórias e 2 títulos de campeão nacional.

Luís Outeiro (Foto: Luís Duarte/FMP)

Luís Outeiro: 11 vitórias

1 vitória CNMX Absoluto
2 vitórias CNMX MX2
8 vitórias CNMX MX2 Júnior (invicto)

Luís Outeiro não perdeu uma única prova do campeonato de MX2 Júnior. Além disso, o “Puto Maravilha” tornou-se no mais jovem piloto de sempre a vencer uma prova da classe MX Elite.

Diogo Vieira

Diogo Vieira: 9 vitórias

5 vitórias CNSE Prestige (invicto)
4 vitórias CNTrial Elite (invicto)

Diogo Vieira também foi campeão invicto de Super Enduro e de Trial. Neste momento, o piloto da Yamaha é claramente o melhor nas duas disciplinas no nosso país e as estatísticas espelham isso mesmo.

Tomás Santos (Foto: Luís Duarte/FMP)

Tomás Santos: 9 vitórias

5 vitórias CNMX Infantis B
4 vitórias CNSX Infantis B

Tomás Santos esteve próximo de vencer todas as provas de Motocross e Supercross na classe Infantis B. O piloto da KTM venceu destacado ambos os campeonatos – renovando o título de MX – e subiu ao lugar mais alto do pódio em 9 ocasiões.

Diogo Ventura (Foto: João da Franca)

Diogo Ventura: 8 vitórias

4 vitórias CNE Elite Absoluto
4 vitórias CNE Elite 2

Diogo Ventura começou a temporada de Enduro com um abandono mas deu a volta à situação e, com uma fantástica reta final da época, registou 8 triunfos e garantiu a conquista dos títulos Absoluto e Elite 2.

Diogo Graça (Foto: Luís Duarte/FMP)

Diogo Graça: 8 vitórias

4 vitórias CNMX MX2
4 vitórias CNSX SX2

Diogo Graça teve um ano em cheio com 8 vitórias. Depois de conquistar os títulos de MX2 e SX2, o piloto da Suzuki tornou-se o 2.º piloto da história da FMP a sagrar-se campeão nacional de SX Elite aos comandos de uma moto da classe SX2.

Rúben Ferreira (Foto: Luís Duarte/FMP)

Rúben Ferreira: 8 vitórias

8 vitórias CNMX MX2 2T (invicto)

No seu primeiro ano entre os seniores, Rúben Ferreira não deu qualquer hipótese aos seus adversários na categoria MX2 2T, terminando a época sem qualquer derrota.

Fábio Costa (Foto: Luís Duarte/FMP)

Fábio Costa: 7 vitórias

6 vitórias CNMX Iniciados (invicto)
1 vitória CNE Juvenis

Num ano em que esteve claramente um degrau acima da concorrência no seu escalão, Fábio Costa ganhou tudo o que havia para ganhar no Nacional de MX Iniciados, à exceção de uma única manga. O piloto da Lourinhã venceu ainda a jornada de abertura dos Juvenis no Enduro.

Joana Gonçalves

Joana Gonçalves: 7 vitórias

7 vitórias CNE Senhoras

Joana Gonçalves conquistou o segundo título consecutivo entre as Senhoras no campeonato nacional de Enduro. A piloto da Husqvarna apenas não ganhou a primeira prova da temporada, exercendo um claro domínio em todas as outras rondas.

Sandro Peixe (Foto: Luís Duarte/FMP)

Sandro Peixe: 6 vitórias

2 vitórias CNMX Elite
3 vitórias CNMX MX1
1 vitória CNSX SX1

Depois de quase um ano parado devido a lesão, Sandro Peixe voltou à competição em 2019 para conquistar as coroas das classes MX1, SX1 e MX Elite. No total, o piloto da Suzuki subiu 6 vezes ao topo do pódio.

Gonçalo Reis

Gonçalo Reis: 6 vitórias

6 vitórias CNE Elite 1

Gonçalo Reis só não ganhou duas rondas da classe Elite 1 no Nacional de Enduro. O piloto da Gas Gas cometeu poucos erros ao longo do ano e, inclusivamente, esteve na luta pelo título Absoluto até à última jornada.

André Martins

André Martins: 6 vitórias

6 vitórias CNE Open

André Martins foi muito superior a toda a concorrência na categoria Open no Nacional de Enduro. Vencedor de todas as provas em que participou, nem a ausência na última ronda retirou o título ao piloto da Yamaha.

Luís Oliveira

Luís Oliveira: 6 vitórias

3 vitórias CNE Elite Absoluto
3 vitórias CNE Elite 2

Luís Oliveira foi um dos grandes azarados de 2019. No seu primeiro ano com a KTM, o piloto de Belas estava bem posicionado para renovar o título Absoluto de Enduro mas uma fractura do colo do fémur em Junho afastou-o da competição até final do ano.

Salvador Vargas

Salvador Vargas: 5 vitórias

1 vitória CNTT Absoluto
4 vitórias CNTT TT3

Salvador Vargas teve um excelente inicio da temporada, triunfando em 4 das primeiras 5 rondas da classe TT3 no campeonato nacional de Todo-o-Terreno. Com o título já garantido nesta categoria, Vargas decidiu mudar para a categoria TT2 e esteve na luta pela coroa Absoluta até à derradeira jornada.

Bernardo Megre

Bernardo Megre: 5 vitórias

5 vitórias CNTT TT1

Bernardo Megre obteve 5 triunfos consecutivos na classe TT1 e conquistou o título de campeão nacional com uma prova ainda por disputar.

Bruno Santos

Bruno Santos: 5 vitórias

2 vitórias CNRR Motos
1 vitória CNTT Absoluto
1 vitória CNTT TT2
1 vitória CNTT TT3

Bruno Santos venceu provas de dois campeonatos distintos. A prioridade era renovar o título de campeão nacional de Rally Raids, objetivo que atingiu com 2 vitórias em 4 provas. O piloto da Husqvarna participou também em algumas rondas do Nacional de TT, subindo ao degrau mais alto do pódio por três vezes.

Roberto Borrego

Roberto Borrego: 5 vitórias

5 vitórias CNTT Quads

Em todas as provas do Nacional de TT em que chegou à meta, Roberto Borrego venceu! Numa disputa acérrima pelo título com Luís Engeitado, o “Beto” levou a melhor, apesar de terem terminado o campeonato empatados em pontos.

Armindo Neves

Armindo Neves: 5 vitórias

5 vitórias CNTT Veteranos

Armindo Neves conquistou o título na classe Veteranos do Nacional de Todo-o-Terreno com 5 triunfos nas 7 rondas realizadas. Com este domínio exercido pelo piloto da SWM, a vitória no campeonato foi obtida por larga vantagem sobre o seu mais direto adversário.

PILOTOS COM 4 VITÓRIAS EM 2019:

  • Daniel Jordão: CNTT Absoluto e TT2
  • Sandro Lobo: CNSX Iniciados
  • Afonso Rodrigues: CNE Infantis (invicto)
  • João Duarte: CNTT Mini Baja 2 (invicto)
  • António Maio: CNRR, CNTT Absoluto e TT2
  • Hugo Basaúla: CNMX Elite e MX1, CNSX Elite e SX1
  • Sebastian Buhler: CNTT Absoluto e TT2
  • Rúben Fernandez: CNMX MX2, CNSX Elite e SX2

PILOTOS COM 3 VITÓRIAS EM 2019:

  • João Pedro Soares: CNRR Promoção
  • Rodrigo Alves: CNTT Mini Quad

PILOTOS COM 2 VITÓRIAS EM 2019:

  • João Lourenço: CNTT Absoluto e TT3
  • Miguel Coelho: CNE Júniores
  • Diogo Pais: CNTT Promoção
  • Cláudio Belchior: CNE Veteranos
  • Andria Sousa: CNTT Mini Baja 1
  • Martim Ventura: CNTT TT1
  • Rui Gonçalves: CNE Absoluto e Elite 2
  • Filipe Salgado: CNE Juvenis
  • João Vivas: CNE Elite 1
  • Bernardo Passanha: CNE Júniores
  • Martinho Pais: CNTT Mini Baja 1
  • Vítor Lopes: CNTT Promoção

PILOTOS COM 1 VITÓRIA EM 2019:

  • Rita Vieira: CNE Senhoras
  • Luís Engeitado: CNTT Quads
  • Rodrigo Barros: CNMX Infantis B
  • Paulo Cardoso: CNTT TT3
  • Pedro Oliveira: CNE Open
  • Arnaldo Martins: CNTT Quads
  • Rodrigo Belchior: CNE Open
  • André Afonso: CNE Veteranos
  • Vasco Severino: CNE Juvenis
  • José Amaro: CNTT Veteranos
  • Paulo Santos: CNTT Veteranos
  • Nelson Rodrigues: CNTT Promoção
  • Afonso Gomes: CNSX Iniciados
  • Christoph Rothhaupt: CNTT Promoção
  • Rui Matias: CNRR Promoção
  • Alexandre Bastos: CNTT Mini Quad
  • Fran Fernandez: CNSX Infantis B

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!