AMA Supercross: Regresso da competição promete espetáculo em Salt Lake City

By on 28 Maio, 2020

Com o regresso do AMA Supercross, vamos ter, finalmente, algumas corridas às quais poderemos assistir. 2020 foi e será tudo menos normal mas, tal como em 2019 e 2018, vamos poder ver grandes corridas, com Ken Roczen a apenas três pontos do líder do campeonato, Eli Tomac.

O piloto da Monster Energy Kawasaki está entusiasmado por regressar à competição e realça que nada está garantido, dadas as mudanças que todos terão de enfrentar. “O que me interessa mais ver é o que vamos conseguir fazer com os nossos traçados de pista e o quão diferente será cada ronda. Só ainda não sei isso e será um grande fator a ter em conta. Depois de fazermos muitas corridas naquela superfície e naquela terra não será a mesma coisa e a manutenção da pista terá muito trabalho”.

A primeira corrida a ter lugar após o início do surto de Covid-19 terá lugar já no próximo domingo. A 11ª ronda das 17 que compões o campeonato arranca às 20 horas portuguesas, em Salt Lake City, Utah.

Tomac é o líder, com cinco vitórias até ao momento que lhe permitiram arrecadar 226 pontos. Em segundo no campeonato está Ken Roczen, com 223 pontos e três vitórias, seguido de Cooper Webb, com 197 pontos e uma vitória. Não muito longe, na quarta posição da geral, encontra-se Justin Barcia, que venceu a ronda de abertura e somou, até agora, 195 pontos.

Apesar de poder regressar às pistas ser uma notícia excelente, o piloto não esquece o facto de que os fãs não poderão estar presentes. “É uma chatice os adeptos não estarem no estádio e não conseguirmos realmente ouvi-los enquanto corremos. No entanto, há tantas pessoas que apenas querem que algo aconteça neste momento que, voltarmos a competir já será muito bom para o desporto. Felizmente, a época não foi encurtada. Isso teria sido uma chatice”, sublinhou Eli Tomac.

É impossível prever o que irá acontecer nas próximas sete rondas do AMA Supercross. Depois de tanto tempo parados, os pilotos estão, praticamente, em pé de igualdade, devido aos problemas gerados pela pandemia. Será que um novo campeão será coroado? Será que Tomac ou Roczen conseguirão ganhar o seu primeiro título, aumentando o sucesso do AMA, ou será que Cooper Webb conseguirá recuperar a tempo de lutar pela vitória? Só o tempo o dirá.

_

Foto: AMA Supercross

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!