MXGP: Confirmada a saída de Romain Febvre da Yamaha

By on 9 Agosto, 2019

Já o tínhamos avançado aqui no Offroad Moto: Romain Febvre está de saída da equipa Monster Energy Yamaha e tudo aponta para que rume à Kawasaki.


A Yamaha vai deixar de ter duas equipas oficiais na classe MXGP com a extinção da estrutura do mítico Michele Rinaldi. Depois de 27 anos consecutivos a representar a marca azul no Mundial de Motocross, o italiano continuará a desenvolver os motores de competição das motos oficiais presentes neste campeonato.


A Yamaha foi quem apostou em Romain Febvre no seu ano de estreia na categoria MXGP em 2015. Com apenas uma vitória em MX2 no seu palmarés, Rinaldi viu “qualquer coisa” de especial no francês e a parceria entre os dois começou logo com o título de campeão mundial de MXGP nesse mesmo ano.


Nestas últimas cinco temporadas, Febvre venceu 12 Grandes Prémios, 27 mangas e subiu ao pódio 50 vezes. Além disso, o gaulês ajudou a França a vencer 3 edições do Motocross das Nações.


Ainda há quatro GP’s por disputar em 2019 e o n.º 461 é um dos principais candidatos à vitória em cada uma dessas corridas. RF tem mostrado ser o principal adversário de Tim Gajser neste momento do campeonato.

Quanto ao futuro, Romain Febvre já veio a público dizer que só pode falar depois do Motocross das Nações…

(Foto: Yamaha Racing)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!