Últimas

MXGP: Dupla vitória para Herlings na Turquia

By on 8 Setembro, 2019

Glenn Coldenhoff partiu da pole para tomar logo a liderança na frente do grupo com Jeffery Herlings e Tim Gajser logo atrás. Numa pista cada vez mais difícil, Ivo Monticelli arrancou bem e conseguiu logo passar Bogers para quarto.

Entretanto, Jeremy Seewer, que seguia em sétimo, quase foi cuspido da moto mas aguenta firme. A sorte durou muito pouco pois segundos mais tarde é encostado por Pauls Jonass numa curva, acabando por sofrer uma queda. Apesar de ser ter levantado logo e prosseguido caminho, os restantes pilotos ainda estavam muito juntos, o que fez com que perdesse várias posições.

Como se costuma dizer, não há duas sem três e foi precisamente isso que aconteceu a Tim Gajser. O piloto esloveno já tinha sofrido uma queda na qualificação de ontem e outra na primeira manga, hoje de manhã. Gajser estava na luta pela terceira posição quando voltou a cair. Conseguiu remontar rápido o suficiente para não ficar muito para trás, conseguindo manter-se em quinto. Recuperou o ritmo que tinha antes da queda e não perdeu tempo em chegar a Gautier Paulin para fazer a ultrapassagem para o quarto lugar.

Atrás de si tinha lugar a luta pela quinta posição entre Pauls Jonass e Brian Bogers, a quem se juntava Gautier Paulin. Já na frente da corrida era Coldenhoff que marcava o ritmo com a volta mais rápida, numa altura em que Gajser se mostrava bastante cauteloso depois das três quedas sofridas ao longo deste fim-de-semana no circuito de Afyon. O esloveno, que já foi coroado campeão do mundo, tentava aproximar-se ao máximo de Monticelli para lhe tentar roubar a terceira posição.

Quando caminhávamos já para a parte final da corrida, chegou a hora de Herlings lançar o ataque a Coldenhoff para a vitória nesta segunda manga. Por esta altura, o holandês já tinha garantido a vitória na geral mas não era suficiente. A pressão sobre Coldenhoff era cada vez maior e na zona das lombas, Herlings ganha uma velocidade e quase consegue colocar-se lado a lado com o seu conterrâneo.

Um pouco mais atrás, acontecia ainda a luta pela terceira posição com Gajser a alcançar Monticelli e a conseguir a ultrapassagem. Apesar de não ter sido fácil de conseguir, com a terceira posição no pódio conquistada não havia forma de o esloveno a deixar escapar.

Nas últimas voltas, Coldenhoff parecia ter ganho uma distância mais segura de Herlings. No entanto, tudo indicava que o holandês pudesse lançar um ataque de última hora. Foi precisamente isso que aconteceu quando fez a volta mais rápida e se aproximou perigosamente de Coldenhoff. Cada vez mais perto, o líder da corrida fechou a porta a Herlings numa das suas investidas. Porém, a grande luta nas últimas voltas terminou com a vitória de Jeffrey Herlings depois de uma performance impressionante. Coldenhoff teve de se contentar com o segundo lugar e, apesar de tudo, Tim Gajser fechou o pódio da segunda manga em terceiro.

Quanto à classificação geral, a vitória foi também de Herlings que vence o GP da Turquia. Glenn Coldenhoff fez segundo e, depois de terminar a segunda manga em quinto, Pauls Jonass conseguiu fechar o GP da Turquia em terceiro.

Foto: Facebook Jeffrey Herlings

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!