Stefan Everts, MXGP: “Sinto falta daquela magia que o Ken Roczen tinha antes das lesões”

By on 25 Maio, 2020

Corria o ano de 2011 quando Ken Roczen saltou para as luzes da ribalta, depois de se tornar o mais jovem piloto de sempre a pontuar no Campeonato do Mundo de MX2. Nessa altura, Stefan Everts era o manager da equipa e hoje recorda o piloto alemão pela sua técnica.

“O Ken é um piloto muito técnico. Quando era criança, ele tinha aquela “coisa” extra na sua condução que marcava a diferença. Ultimamente, com as suas lesões, não tenho visto essa magia que ele tinha. Ele passou por momentos muito difíceis ao regressar destas lesões, e é espantoso o que tem conseguido fazer. Consigo encontrar algumas semelhanças com a lesão que tive na minha perna quando estive um ano fora das competições. Também é mentalmente muito difícil recuperar a confiança no que se está a fazer. É preciso confirmar que somos capazes de fazer as coisas e isto nem sempre chega”, sublinhou Stefan Everts.

Apesar dos pontos negativos e deste desaparecimento da “magia” de que tanto fala, o ex-piloto belga realça que Ken Roczen parece estar a recuperar alguma confiança que tinha perdido devido às suas lesões.

“No início deste ano teve boas corridas e algumas vitórias, e penso que isso foi muito importante para ele e para a sua confiança, para voltar a acreditar em si próprio a 100%. Sinto falta daquela magia que ele tinha antes das lesões. Daquele pequeno extra que tinha na moto. Isso eu ainda não vi”, conclui Everts.

_

Foto: Ray Archer

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!