Daniel Jordão e Luís Engeitado vencem a Taça de Portugal de Todo-o-Terreno

By on 9 Fevereiro, 2020

O Campeão Nacional Daniel Jordão aos comandos de uma Yamaha WR, na competição moto e o Vice-campeão nacional Luís Engeitado, também em Yamaha, entre os Quad foram os grandes vencedores da Taça de Portugal de Todo-o-Terreno 2020 ao triunfarem na Baja TT Vindimas do Alentejo disputada em pistas do distrito de Beja.

Centena e meia de pilotos e equipas participaram na primeira edição de uma nova prova alentejana que inaugurou a época desportiva de 2020.

Daniel Jordão impôs-se desde o início na competição Moto imprimindo um andamento eficaz que lhe permitiu chegar à vitória: “A prova correu bem e sem percalços. Ontem a pista não estava tão bem marcada, mas hoje sentimos que o trabalho no terreno foi muito bem feito porque a marcação estava excelente e quero deixar os meus parabéns ao pessoal que teve esta função. As condições da prova foram muito boas porque o facto de estarmos nas instalações da Ovibeja dá-nos uma capacidade de logística enorme com a grande vantagem de estarmos perto de uma grande cidade como Beja. Estou contente por começar o ano com um título para a minha equipa e espero que o resto da época continue a correr bem”, referiu o piloto.

No segundo lugar ficou Bruno Borrego (KTM) que gastou mais 3m12s que o vencedor da prova. Micael Simão, também em KTM, completou o pódio. Daniel Jordão venceu ainda a classe TT2, Bruno Borrego foi o primeiro entre os TT3 e Renato Mendes o mais rápido dos TT1.

Também entre os Quad, Luis Engeitado numa Yamaha YFZ, dominou de forma clara uma corrida onde Luís Fernandes em moto idêntica foi segundo classificado e Marco Pedroso, também em Yamaha, o terceiro classificado.   

No final da corrida Luís Engeitado mostrou-se satisfeito com o título alcançado: “a prova foi muito positiva e muito bem montada. Aliás, quero dar os parabéns à organização pelas condições com que nos receberam e penso que muitos organizadores deviam igualar o que nos foi oferecido aqui. A prova foi gira e rápida. Hoje o piso estava um pouco mais degradado, porque já tínhamos feito uma passagem no dia de ontem, mas de resto estava tudo bastante bem pensado. As marcações no geral estavam muito bem. A minha vinda aqui a Beja teve como principal objetivo treinar para o início do campeonato que começa em Góis e foi bastante bom ter conquistado este título”, explicou o piloto.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!