Matthias Walkner, Dakar 2020: “Com as novas regras dos roadbooks, é o caos total!”

By on 11 Janeiro, 2020

O vencedor da edição de 2018 do Dakar teceu fortes críticas à organização da prova no final da terceira etapa, a qual seria encurtada na sua distância por um erro no “roadbook” detetado já depois de a mesma ter terminado.

“No final da etapa, houve um erro no roadbook. No quilómetro 392, era suposto existir um ‘waypoint”. Andámos em círculos durante 20 minutos – uns pilotos perderam menos tempo, outros mais. Eu estava com o Ricky Brabec e não encontrámos o ‘waypoint’ e depois discutimos o que fazer”.

As críticas do austríaco dirigiram-se diretamente às novas regras sobre a disponibilização dos ‘roadbooks’ minutos antes do início das etapas: “é um pouco frustrante que isto tenha acontecido. Só recebemos o ‘roadbook’ 25 minutos antes da partida e não podemos marcar nada no mesmo”.

Walkner insiste que “a navegação este ano é tão difícil e quando acontecem esses erros no ‘roadbook’ é um caos total. Além disso, durante a corrida, passamos metade do tempo a olhar para o ‘roadbook’, ignorando pedras e outros perigos que podem aparecer a qualquer momento”.

Na Arábia Saudita, os pilotos estão a encontrar pistas traiçoeiras com muitas “mudanças de sombras e grandes pedras debaixo da areia e tudo a velocidades de 130 km/h! Assim é extremamente perigoso e espero que tudo seja bem repensado”, reforça Walkner.

(Foto: RallyZone/KTM)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!