CN Enduro: Rui Gonçalves foi o piloto que mais especiais venceu no Absoluto

By on 12 Julho, 2020

Ao longo dos 5 dias de competição pontuáveis para o campeonato nacional de Enduro de 2020, realizaram-se 59 especiais cronometradas. Fomos ver quem foram os pilotos que mais vezes registaram o melhor tempo no cronómetro!

Na classe Elite Absoluto, Rui Gonçalves foi quem venceu mais especiais apesar de ter falhado a ronda de Góis. Logo atrás de RG ficou Diogo Ventura, o campeão nacional de 2020.

Gonçalo Reis brilhou na especial citadina de Peso da Régua, triunfando em quatro passagens pela mesma e essa foi a diferença para Hugo Basaúla, o autor do melhor tempo em oito especiais. Naturalmente mais à vontade nas Extreme Test, Diogo Vieira foi o o mais rápido em três ocasiões, sendo que duas delas foram no troço junto ao cais do Peso da Régua.

Tomás Clemente e Manuel Teixeira também marcaram esta temporada, provando que são a próxima geração do Enduro em Portugal.

Diogo Ventura dominou por completo a classe Elite 1, triunfando em 38 das 59 especiais e conquistando o primeiro título da sua carreira nesta categoria. Gonçalo Reis e Tomás Clemente foram os únicos a vencer especiais dos quatro tipos (Cross, Enduro, Extreme e Special Stage) enquanto Manuel Teixeira reivindicou para si uma vitória.

A hegemonia de Rui Gonçalves na categoria Elite 2 é bem clara. O piloto da Sherco venceu especiais de todos os géneros e registou o melhor tempo em 29 ocasiões. Hugo Basaúla foi o mais rápido em 12 especiais ao longo da temporada, levando consigo o título de campeão. A eficácia de Diogo Vieira nas Extreme e no Special Stage de Peso da Régua ajudou-o a igualar o número de vitórias do “Basa”. João Lourenço deu à Beta o triunfo em seis ocasiões.

(Foto: FMP)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!