Cooper Webb, AMA SX: “Ainda tenho trabalho pela frente”

By on 23 Janeiro, 2020

“Tem sido difícil. Voltei para a Florida na segunda-feira e fui ao médico e estava com gripe e uma infecção bacteriana. Então, foi uma semana difícil até St. Louis. Fui lá correr e simplesmente não estava no meu melhor. É uma porcaria quando é assim, mas não havia nada a fazer. É óbvio que eu não me sentia bem, mas acho que não estávamos no nosso melhor com a moto e os meus arranques foram péssimos”, explicou o piloto.

Apesar de ter terminado a Final deste fim-de-semana na terceira posição, Cooper Webb tem passado momentos complicados que o impediram de lutar por um melhor resultado.

“Normalmente, consigo salvar um mau arranque e dar a volta à minha corrida mas em St. Louis não fiz isso. Esta semana foi bom voltar a treinar de moto. Ainda não estive a 100% durante a semana mas fui capaz de, pelo menos, andar e fazer algum treino, por isso foi bom. Por vezes, tomamos a nossa saúde como certa, portanto é ótimo sentirmo-nos bem outra vez. Estou obviamente entusiasmado por voltar à minha melhor forma. Estivemos muito perto, por isso não me posso queixar”, disse Cooper Webb.

O piloto referiu ainda que, apesar de ainda ter muito trabalho pela frente, ter arrancado bem acabou por lhe facilitar um pouco a vida.

“Estamos a voltar à nossa base. Consegui arrancar bem, o que tornou a minha vida um pouco mais fácil. Devia ter confiado um pouco mais em mim. Ia a meio da corrida e pensei «Fogo, sinto-me mesmo bem. Então, vamos a isso.» Eu sabia que aqueles tipos estavam atrás de mim e precisava de fugir. Tentei continuar a tapar-lhes o caminho mas foi um pouco tarde de mais. No final, estive mesmo muito perto mas devia ter dado o máximo mais cedo. No entanto, estou satisfeito com este resultado”, avançou Webb.

(Foto: Simon Cudby/KTM)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!