Luís Outeiro: “Foi especial ser o mais jovem piloto a vencer uma prova de MX Elite”

By on 4 Abril, 2020

20 perguntas de resposta rápida foi o desafio que colocámos a Luís Outeiro!

Data e local de nascimento?

“24 de Agosto de 2003 em Coimbra.”

Na escola, és um aluno bem comportado?

“Sim, sempre fui um aluno bem comportado.”

O teu passatempo preferido?

“Gosto muito de ouvir música e jogar playstation.”

Fora da moto, que outro desporto acompanhas como fã?

“Tirando as motos, não há nenhum desporto que acompanhe “em força” mas o pouco que acompanho é o futebol.”

Se não fosses piloto, qual o desporto que escolhias para fazer competição?

“Sinceramente não sei o que seria.”

Para ti, o mais importante na vida é…

“Seguir os meus sonhos.”

Se um dia pudesses ser uma estrela mundial, quem escolhias ser?

“Ken Roczen.”

Qual foi a primeira prova da tua carreira?

“A minha primeira prova foi na minha terra, Alqueidão.”

Utilizas o número 47 por que motivo?

“Não há um motivo em concreto. Na minha primeira prova, inicialmente eu seria o número 7 mas, como não estava disponível, então fiquei o 47.” (risos)

Ídolo a nível nacional?

“Rui Gonçalves.”

Piloto preferido a nível internacional?

“Rui Gonçalves.”

A pista que mais gostas?

“Alqueidão.”

A pista que menos gostas?

“Moçarria.”

Como piloto, diz-nos um ponto forte e um ponto fraco teu?

“Sinto que tenho bastante resistência para aguentar as mangas ao longo do dia. Quanto a ponto fraco, sem dúvida os arranques, é nisso que tenho de trabalhar.”

Quem é (ou foi) a pessoa mais importante na tua carreira?

“O meu pai.”

Imagina que te era dada a hipótese de treinar um dia inteiro com qualquer piloto nacional ou mundial. Quem escolhias?

“Escolheria o Antonio Cairoli por causa da sua experiência.”

Tens alguma superstição ou ritual antes de começar uma corrida?

“Não faço nada antes de começar uma corrida, apenas tenho o meu momento de concentração.”

Até hoje, qual foi a corrida da tua vida?

“A corrida que mais me marcou na minha carreira foi na época passada, no Granho, quando me sagrei o mais novo piloto a vencer uma manga de Elite.”

Qual o jovem piloto que achas que pode vir a ser uma futura “estrela” da modalidade?

“Penso que poderão ser alguns como o Fábio Costa, o Sandro Lobo…”

Se te dessem a possibilidade de testar uma moto de um piloto de fábrica (da atualidade ou do passado), que moto escolhias?

“A CRF 250 do Calvin Vlaanderen quando estava na equipa oficial da Honda.”

Que corrida ou campeonato sonhas um dia ganhar?

“Como qualquer piloto, sonho ganhar o MXGP.”

A quem gostarias de agradecer?

“Gostava de agradecer à Honda e à Jomotos e também a todos os meus patrocinadores, família e amigos.”

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!