Dakar 2020, Etapa 12: Cornejo vence etapa, Ricky Brabec vence Dakar

By on 17 Janeiro, 2020

Partindo do 10º lugar para a 12ª e última etapa deste Dakar 2020, com apenas 167km de especial, Ricky Brabec pôde controlar totalmente os acontecimentos e terminar a etapa num tranquilo 2º lugar. A armada da Honda ganhou a etapa pela mão de José Ignácio Cornejo que conseguiu subir mais um lugar na geral para 4º.

Pablo Quintanilla a abrir a pista, mesmo assim conseguiu um excelente 5º lugar na etapa, perdendo apenas 3m23s para o vencedor.

Toby Price salva a honra da KTM, conseguindo assegurar um lugar no pódio, numa edição que para ele ficará marcada para sempre, pelo envolvimento e proximidade que teve no trágico acidente do seu amigo Paulo Gonçalves. Toby Price ficará para sempre no coração dos portugueses pela forma como nobre como respeitou e dignificou o nosso campeão, tendo literalmente desprezado a sua ambição de um bom resultado na prova, mantendo-se ao lado do seu companheiro até ao final.

“Quebrou-se o enguiço”, após 18 anos de vitórias consecutivas da KTM, facto que se tornou lendário e certamente imbatível para sempre na história do Dakar. A marca austríaca elevou a fasquia no Dakar, aportando um nível de organização ímpar, que obrigou as restantes equipas a olhar para esta prova com outro nível de exigência. A Honda perseguia esta vitória desde 1989, o último ano em que venceu pelas mãos do francês Gilles Lalay.

A Honda certamente se lembrará do contributo que Paulo Gonçalves teve neste resultado após 6 anos de presença na sua equipa.

Aliás os portugueses ficarão para sempre associados a esta vitória da Honda, pois Ruben Faria foi o Director da equipa a partir desta edição 2020, e Helder Rodrigues também desempenhou um papel importante como “conselheiro” dos pilotos da equipa

Leia tambem : Ruben Faria e Helder Rodrigues, os arquitetos da vitória da Honda

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!