MXGP: Shaun Simpson terá a sua própria equipa já em 2020

By on 12 Setembro, 2019

O piloto britânico espera ser um dos poucos no MXGP, em 2020, que planeia criar a sua própria equipa. Esta deverá integrar não só o campeonato mundial, mas também o Campeonato Britânico. Sabe-se ainda que a equipa contará com equipamento KTM e WP Suspension.

O escocês de 31 anos irá, então, deixar a RFX KTM, que ajudou a estabelecer já este ano. O veterano teve alguns problemas com o set up da sua moto, assim como alguns problemas técnicos nas últimas rondas da temporada. Isto, claro, depois da sua recuperação de uma fratura na mão que o forçou a ficar de fora por 5 Grandes Prémios consecutivos ainda a meio da época.

“Tenho quase 15 anos de experiência no campeonato do mundo e ainda acredito plenamente que tenho a velocidade e o conhecimento para correr ao mais alto nível possível no MXGP e permanecer perto aos pilotos de fábrica. Agora, é altura de fazer as coisas da maneira certa que me permitirá dar o meu melhor em pista. Já tomámos algumas medidas para reorganizar tudo e garantir que estaremos na direcção certa para o Motocross das Nações e para a última ronda do Campeonato Britânico.”

O piloto explicou que alguns dos seus objectivos com a equipa serão apresentar-se bem no MXGP, conseguir o título britânico e fazer algumas aparições surpresa em corridas. “Depois, veremos até onde a equipa conseguirá crescer até 2021.”

Depois de uma altura complicada na sua carreira, Shaun Simpson quer voltar a ver resultados. O piloto deverá competir a solo na equipa mas começa a mostrar a ambição e potencial deste seu novo projecto.

Foto: Ray Archer

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!