Super Enduro: Os pilotos a ter em atenção no arranque da temporada

By on 6 Dezembro, 2019

O dia 7 de Dezembro marca o início do Campeonato do Mundo de Super Enduro 2019/2020. A Tauron Arena, na Polónia, será o palco deste começo de temporada e são vários os pilotos a ter em atenção.

Na equipa de fábrica da KTM, é esperado que Taddy Blazusiak seja uma das grandes estrelas do evento, visto ser conhecido pela sua qualidade em indoor. A correr “em casa” o polaco começará esta época com o objectivo de alcançar o seu 7.º título indoor.

Depois de ter ficado de fora no ano passado devido a uma lesão num pulso, Jonny Walker regressa ao Super Enduro, certamente para se afirmar como um forte candidato ao pódio e ao título desde o início.

Outro britânico que também regressa ao Super Enduro é Billy Bolt, depois de ter sido forçado a ficar de fora no ano passado, também devido a lesão. A sua época de estreia em 2018, provou ser um enorme sucesso que o levou a terminar em 2.º lugar no campeonato. O estilo agressivo de Bolt adequa-se aos circuitos indoor e, por isso mesmo, é, sem dúvida, um dos pilotos favoritos.

Dito isto, os pilotos da Husqvarna terão, certamente uma palavra a dizer, visto que Alfredo Gomez também pode ser uma surpresa na temporada que se avizinha. Sendo um dos poucos pilotos que optou por correr numa dois tempos, o antigo vice-campeão de Super Enduro é determinado o suficiente para representar perigo para os adversários.  

Pol Tarres melhorou à medida que o campeonato de 2018/2019 progrediu, tendo conseguido terminar em 4.º lugar na classificação geral, depois de ter conquistando um pódio. Tarres irá, sem dúvida, tentar levar a melhor contra os pilotos de fábrica.

O campeão Júnior de 2019, Will Hoare, o campeão de 2018, Kevin Gallas, e o de 2017, Blake Gutzeit, vão alinhar contra os grandes em 2020. Apesar de os dois últimos não serem “rookies” e já saberem como as coisas funcionam, Hoare vai passar para a categoria rainha este ano e irá estrear-se na Polónia.

Noitadas serão as ausências de Colton Haaker e Cody Webb. Por este motivo, Ty Cullins terá a responsabilidade de representar as cores dos EUA.

Apesar de o Super Enduro não ser uma disciplina em que os privados tenham muita oportunidade de brilhar, Diogo Vieira e Xavi Leon serão dois pilotos a ter em consideração.

Diogo Vieira teve uma grande temporada no ano passado, lutando pelos primeiros lugares na última corrida, e terminando o campeonato em 6.º. Os seus dois quartos lugares em Madrid e os fortes resultados de qualificação no Akrapovic Super Pole colocaram-no entre os melhores.

(Foto: FIM SuperEnduro World Championship)

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!